da série "anotações de livros", nº1

Em última instância, Deus sempre tem o controle da situação, e faz tudo de acordo com Sua vontade. Um bom exemplo disso é Jonas. Ele não queria ir pregar aos ninivitas, e fez de tudo para correr de Deus. No entanto, não teve escolha a não ser ir pregar, e Deus fez Sua vontade.

Em relação aos perdidos se dá da mesma maneira. Não há como se esconder do obstinado amor de Cristo e de Sua irresistível graça. Quem não ouve, de fato nunca teve ouvidos para ouvir. Já quem ouve, e aceita, não tem escolha: seu lugar é na seara. “Ninguém que lança mão no arado e olha para trás é apto para o reino de Deus”.

O calvinismo não é sobre a “arrogância” da eleição, mas sim, sobre a humildade de responder “eis-me aqui, Senhor, envia-me a mim”.

Anotado no livro “A Essência da Adoração”, p. 52

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s