Pôsteres

Aos atentos, que de fato acompanham o blog, esta não é lá uma grande novidade. Já havíamos falado nos pôsteres em abril deste ano, mas tivemos algumas mudanças no caminho.

A idéia de fazer os cartazes surgiu ao imaginar quais seriam formas alternativas de divulgar o nosso trabalho. Como o que mais tem na banda é designer, e o que mais temos é amigos inseridos neste meio, ficou fácil chegar ao conjunto que temos hoje.

Estamos preparando uma série inicial (digo inicial pois mais para frente devemos ter outra) de 4 pôsteres, baseados nas músicas Reinas Soberano, Tu és Deus, Quartos vagos e Sem Fé. Destes, dois são feitos “internamente” (por mim e pelo Josué) e dois são colaborações de amigos: Renan Valadares e Guilherme Menga.

Eles serão vendidos individualmente e em conjunto, mas a idéia não é “lucrar” com isso, e sim divulgar o trabalho e gerar recursos para ensaios, gravações, mais pôsteres, essas coisas.

Bom, é isso aí. Esperamos que vocês curtam. Quando tudo estiver 100% pronto, avisaremos em todos os meios cabíveis. 🙂

Vida de banda independente é isso aí.

Um abraço!

Eduardo Mano e a Gerência

Motivações

Desde que anunciei que o download dos discos Canções para Grupos Pequenos e Esperança seriam suspensos por tempo indeterminado no dia 31 de julho, apenas uma pessoa perguntou para mim qual era a razão dessa atitude.

Como gostei da pergunta, estendo minha resposta a todos os leitores.

Não é necessário dizer da importância que esses dois discos têm na minha vida e no meu ministério. Até hoje as músicas neles contidas são cantadas por mim em igrejas, em casa, na devocional, no banheiro. São verdades que permanecem em meu coração. Simplesmente excluí-las do servidor não tem nenhuma relação com excluí-las da minha vida e da minha história. Aliás, é justamente por crer que elas são tão importantes nisso tudo que tenho feito (músicas, viagens, amizades) que elas serão indisponibilizadas por um tempo ainda indeterminado.

Com isso, entendamos:

Não é por ser indeterminado que o tempo é eterno. Ou seja: não é por elas saírem que não hão de voltar, de um jeito ou de outro.

Por isso, amigos, não tenham dúvidas: minha filosofia de trabalho e ministério continua intacta: meu compromisso é de sempre disponibilizar gratuitamente aquilo que eu gravar, seja sozinho, seja com banda, seja com orquestra. Não importa o quanto isso custe, a mensagem, de alguma forma, será gratuita.

É isso. Como disse no post anterior, aguardem que teremos muitas novidades.

Um abraço,

Eduardo Mano

PS: Vocês nem perceberam, mas dei uma dica grande no texto. 😉 Ou talvez tenha percebido. 😛

Pôsteres

Então. Há alguns dias eu soltei algo no twitter falando de pôsteres da banda. De fato eles existirão. Nesta primeira série, teremos um conjunto de três pôsteres, baseados em músicas da banda. O formato dos pôsteres é 31,5 x 47 cm., já contando dois centímetros de paspatur para cada lado. Paspatur é a borda ao redor da imagem (fica a dica). Essa primeira leva será feita em impressão à lazer em papel couché 180 gramas.

O primeiro poster é baseado na música Quartos Vagos, e estão aí algumas imagens para vocês verem como ficou.

Quando a série estiver completa, disponibilizaremos aos interessados (leia-se quem quiser comprar). O jogo de pôsteres será vendido junto com um canudo apropriado para guardar sem amassar os papéis. Esse é um dos materiais que levaremos quando sairmos com a banda, e o preço será BEM em conta. Mesmo.

É isso. Caso eu não atualize mais nada até semana que vem (o que eu duvido), tenham uma boa páscoa e não exagerem no chocolate. 😉

abraços,

Eduardo Mano

Coisa de família

Vocês já sabem do amor que tenho pela cultura do artesanal. O que vocês talvez não saibam é que isso é algo que corre em nosso sangue, aqui em casa.

Vocês já sabem quem é a Eline. Ela me inspira. Não apenas por ser minha esposa, mas por ser uma mulher corajosa e determinada. Claro que isso é algo que talvez qualquer marido diria a respeito de sua mulher, mas quem sabe das coisas que temos vivido nos últimos meses aqui em casa, sabe que o título é dela, hors concours.

E nesse espírito, somado ao espírito do artesanal, gostaria de fazer um convite a todos, e falar um cadinho mais da minha esposa.

Eline decidiu há alguns meses mudar de profissão, e está cursando algo que sei que ela gosta desde os tempos em que namorávamos (e olha que em 2012 faremos 10 anos de namoro o/): Design de Interiores. Mais uma designer em casa! 😀 E ela não poderia ter iniciado esse caminho de maneira melhor: ela foi selecionada para expor uma peça no Fashion Business 2011, evento realizado pelo SENAC Rio e que trata não apenas de moda, mas de design, gastronomia, criatividade, empreendedorismo, cultura e um bocado de outros assuntos.

Eline construiu uma luminária a partir de chapas de raio-x. E na boa, ficou muito maneira. Caso não seja vendida, estará em nossa sala amanhã à noite. 🙂

E aqui vai o convite (meio em cima da hora, mas tudo bem): ela e a peça estarão amanhã, quinta-feira, o dia todo na Marina da Glória. Se você estiver no Rio, eu incentivo fortemente que você dê um pulo lá. Não apenas por ela e pela luminária, mas pela oportunidade de ser inspirado com tudo o que está acontecendo por lá.

Para chegar na Marina da Glória, tem que ir de táxi, infelizmente. Mas das estações de metrô Botafogo ou Flamengo, o trajeto é rápido (e se dividir a corrida com mais alguém, sai mais em conta). A entrada é grátis, do jeito que todos gostamos.

Escrevo este post pensando que se você for, será um enorme benefício para você, e também para dividir o orgulho que tô sentindo da Eline. 🙂

É isso. Valeu pela atenção!

Eduardo Mano

Sem Photoshop

No Sábado passado, estive em um bazar, promovido por um casal de amigos que está de mudança (e pela minha esposa, que levou algumas peças lá). Foi uma tarde agradável onde até eu consegui trazer umas coisinhas para casa (dois tênis, um DVD e um CD por R$19,00 pode?).

Entre as maravilhas que consegui, estava um caderno quadriculado por R$0,50 centavos. Ei-lo abaixo.

Daí que tive uma idéia. Ei-la abaixo.

Quando estiver pronta, os senhores serão avisados. 🙂

Um abraço!

Eduardo Mano

ó o CD aí – Velhas Verdades

Essa é uma prévia do CD. Arte por UANABI (falaremos mais sobre isso em uma próxima vez). Todas as cópias do nosso CD serão artesanais, e por isso, numeradas. Cada cópia será manipulada à mão: desde o manuseio da capinha, sua customização (a idéia é que cada uma seja diferente da outra) até o embalo. Dá trabalho? Dá. Mas para quem começou todo o processo artesanalmente (basta lembrar de como gravamos o CD), não dava para industrializar o processo agora, não é mesmo?

Essa primeira leva (números 001 a 060 – sendo que 10 deles estão separados para a banda) serão levados neste domingo para a Igreja Cristã Atos. Dia 29 nós da banda teremos uma reunião para falarmos sobre alguns assuntos, e algumas coisas podem mudar tanto na arte quanto naquilo que disponibilizaremos. #surpresas #aguardem

O nome do CD é Velhas Verdades, e falaremos mais sobre isso mais à frente também. A arte é simples e em Preto e  Branco, justamente por conta da manipulação / customização que faremos nele. Foi impresso em, papel reciclato 240 g/cm² (papo de designer nerd), o que pode nos colocar como uma banda “verde” também. 🙂

Ainda teremos mais um post, nos próximos dias, falando um pouco mais do CD, das participações especiais e das músicas. Por enquanto, só queríamos dizer que a hora chegou. 😀

Um abraço

Eduardo Mano