Oh Graça, tão linda e real

Eu creio, e me firmo, na Graça de Deus. Graça que se fez real em João 1:14, quando o Logos, o Verbo de Deus “se fez gente e habitou entre nós, cheio de Graça e de Verdade”. Eu creio que esta Maravilhosa Graça me cobre com a suavidade da seda e com a força do aço; suave pois ela é proveniente de um jugo que é leve, forte pois ela é o alicerce da minha salvação.

Eu creio que antes mesmo de eu nascer, Deus me elegeu antes da fundação do mundo e me predestinou para que eu fosse Seu filho por adoção, através de Cristo Jesus, tudo isso para a Glória de Deus pai (Efésios 1:3-6).

Eu creio na Bíblia como fonte de revelação e sabedoria vindas de Deus para o homem, para que este, mesmo em seu estado miserável, possa entender o mistério que é Cristo, o Verbo de Deus, encarnado para que morresse em nosso lugar.

Eu creio no advento do Espírito Santo, enviado em Pentecostes, como aquele que consola e intercede pelo povo escolhido, eleito pela vontade eterna do Pai. Creio que este mesmo Espírito nos concede poder para realizar aqui a obra que nos foi delegada: fazer com que o Nome de Cristo, que é sobre todo nome, e ao qual todo joelho se dobrará, seja conhecido.

Creio que minha salvação se deu em primeiro lugar, pelo fato de Deus ter me chamado para Si, e ter me enviado a Cristo, o qual não rejeita nem lança fora os que o Pai O enviou (João 6:37-44). E essa salvação me foi concedida pela Graça, por meio da fé, e não por obras, justamente para que eu não me enchesse de vanglória. É um dom de Deus (Efésios 2: 8-9).

Creio em Jesus Cristo, o autor e consumador da minha Fé. Creio que Ele veio ao mundo, viveu entre nós, pregou e ensinou por três anos, foi julgado e condenado, foi morto na cruz no lugar chamado Calvário. Mas a morte não pôde contê-lo, pois ao terceiro dia Ele ressuscitou dos mortos e hoje vivo está, à direita de Deus. Esse Jesus, a quem eu sirvo, eu amo profundamente – amor que se por um lado é imperfeito (visto que sou homem passível de falhas), por outro é perfeito e imutável (pois em Deus “não há variação nem sombra de variação”, Tiago 1:17).

Creio que todas as coisas foram criadas para Cristo e por Cristo, e por isso Ele deve ser adorado. Não há outro digno de adoração, assim como não há outro que possa nos comprar do império das trevas como Cristo pode e faz.

Assim, que toda a Glória no mundo seja dada a Deus Pai, e ao Seu Filho, Jesus Cristo.

É nisso que eu creio. Nisso embaso minha vida. Isso me leva a adorar, e isso me leva a levar outros a adorar.

Advertisements

3 thoughts on “Oh Graça, tão linda e real

  1. Putz…acabei de perder o comentário. O blogger sumiu com ele.O que havia dito é que a igreja sempre confessa! Ainda nesses tempos de relatividade, de individualismo, subjetivismo, a igreja confessa.Legal o que tu escreveu. Muito bonito mesmo. É isso.Abração.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s