Nossa Música Brasileira

Em três horas eu e minha esposa estaremos embarcando em um ônibus com destino a São Paulo, e depois em uma van indo para Arujá. Participaremos do evento “Nossa Música Brasileira“, junto a alguns bons amigos e diversos músicos de excelente qualidade.

Passei o dia preparando artesanalmente algumas cópias em CD do EP, para distribuir a algumas pessoas lá, e depois foi um tal de preparar a mala, passar roupas, lavar louça… isso tudo ainda parando para ir ao GP (o EP nasceu lá).

Nisso tudo, pensei em algumas coisas… pensei no post anterior a este, pensei que muitas das pessoas que encontrarei lá não têm a mente tão aberta a ponto e receber bem aquilo que é nacional e o que é estrangeiro… e pensei no Sérgio Pimenta.

Tive a oportunidade de conhecer seus filhos e esposa… cresci ouvindo suas músicas… mas nunca soube que ele morou na Tijuca, assim como eu moro. Acabei de ler, no site dos Vencedores por Cristo, um relato do Dr. Luiz Antonio Caseira, quem primeiro o examinou e suspeitou do câncer, que o consumiria em poucos meses. Deixo vocês com seu relato, emocionante.

LÁ ESTÁ O MEU TESOURO

Dr Luiz Antonio Caseira

Recordo do dia. Era 11 abril de 1987. Estávamos na sala Cidade de São Paulo promovendo o lançamento do disco CRIAÇÃO . ( Grupo Semente). Depois de uma tarde de muito trabalho montando equipamentos e fazendo ensaios estávamos a poucos minutos do início. O público lotava as dependências do local. Nos bastidores estávamos em um círculo de oração pelo programa. Terminado esse período, o Sérgio Pimenta veio atéperto de mim e falou, com aquele seu modo amigo e carioca: – “Doutor, estou precisando dos teus favores” – e abriu um sorriso – já tem uns dois meses que estou com uma dorzinha na coxa esquerda que não vai embora. Já fui ao médico três vezes, tomei os remédios e… nada de ficar bom. Ô meu! Quero que você dê uma examinada.”

Procuramos um local onde pudesse examiná-lo, porém já estava no início do programa e combinamos que logo após eu examinaria. O programa foi excelente. O povo adorou ao Senhor de maneira intensa. As músicas interpretadas falaram fundo nos corações. Lembro quando Pimenta pegou o microfone e ao iniciar a fala, provocou risos no povo, tal era a intensidade do tom grave de baixo, da sua voz. Pouco depois cantava junto com o povo que não se continha e o acompanhava – “ Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama…”

Encerrado o programa, não tivemos como examiná-lo no auditório. Marcamos então um encontro para o dia seguinte, no escritório de Vencedores Por Cristo.

Pontualmente, às 9horas lá estava ele. Ao descer do carro, notei que estava mancando ao andar. Disse-me que as dores haviam se acentuado durante a noite. A princípio suspeitamos que a piora poderia Ter sido pelo tempo em que ficou em pé na véspera, durante os ensaios e o programa, e pelo esforço ao carregar os equipamentos.

Ao examiná-lo , porém, senti meu coração bater muito forte. Havia uma tumoração ao nível da base da coxa esquerda, na região posterior, junto à nádega. A região estava aumentada de volume. Levei-o imediatamente ao hospital, onde após o exame de RX, não evidenciamos nenhuma tumoração óssea. Pedi que ficasse em São Paulo, para no dia seguinte fazer exames de ultrassonografia e outros similares. Porém ele não poderia ficar, pois tinha que estar no Rio de janeiro na Segunda-feira. Mediquei-o com analgésicos e encaminhei-o para colegas médicos no Rio que poderiam dar a assistência mais de perto que o caso merecia.

Ao chegar ao Rio ele procurou essses médicos, porém as dores já estavam muito fortes. Uma semana após o lançamento do Disco Criação, precisou internar-se, tal eram as dores que sentia. Feitos os exames necessários, veio o diagnóstico: Sarcoma indiferenciado. Metástases pulmonares. Estágio IV.

Desde então não mais saiu do hospital a não ser por curtos períodos de uma semana ou dez d ias, em que apresentava ligeira melhora.Tudo o que era possível em termos de tratamento foi tentado. Nos dois últimos meses foi trazido prá SãoPaulo onde poderia ser tentada mais alguma coisa. Porém foi inútil.

Lutou com todas as forças para viver. Aceitava qualquer tratamento que significasse uma esperança de melhora. Nunca o vi reclamar da situação. Suportou a dor de maneira incrível. Ainda compôs no leito de dor duas músicas que ficarão para sempre entre nós. Sua fé permaneceu firme até o fim. Até que no dia 12 de Agosto, às 23h40m, de maneira tranquila, ao lado da esposa, fiel e dedicada companheira em todos os momentos, passou para a Glória.

Está compondo e cantando junto ao Senhor. Lá ,onde está o seu tesouro.Lá , onde não há choro. Onde canta junto a outros tantos, hinos de louvor ao Senhor.

Dr. Luiz Antonio Caseira – Vice Presidente de Vencedores Por Cristo

Jerusalém (Sérgio Pimenta)

Lá está o meu tesouro
Lá, onde não há choro
E onde todos cantaremos juntos
Hinos de louvor ao Senhor

Amém.

Até segunda, com fotos, possivelmente vídeos, e algumas histórias.

Duda

Advertisements

4 thoughts on “Nossa Música Brasileira

  1. impressionante a paz que Cristo nos tras mesmo na hora da dor mais intensa. É essa paz que excede todo entendimento, e que habita em nós que nos motiva a ir até o fim.Lá, na Glória, é que esta o nosso tesouro.ótimo texto Duda.abração

  2. Mano, eu fui um dos felizardos a receber uma cópia do “cancoes para pequeno grupo” no NMB2008… agradeço imensamente! Estava ouvindo no carro, e sorvendo a simplicidade (apenas aparente) do conteudo… cheio de devocao. E lembrei que sinto falta de musicas congregacionais nesse naipe. Valeu, continue assim – parabens pelo Blog!Grande abraço,Fabinho

  3. Eduardo, recebi um e-mail de Westh Ney fazendo propaganda do seu EP. Gostei da iniciativa, mas ainda não pude ouvir as músicas mesmo baixando um leitor para arquivos .RAR. Se vc puder me dar uma dica de como fazer para apreciar suas obras, por favor diga-me logo, porque a curiosidade mata gato!!!! Acabei de ler também o texto do médico que atendeu Sergio Pimenta. Chorei porque a vida desse homem inspira muito a minha vida. Se existe uma pessoa que eu gostaria de ter tido contato é ele. Pessoas assim deveriam ficar mais tempo conosco, mas como costumo dizer, Deus os promove dizendo: “Vem, meu filho, esse mundo não é mais pra você!” As músicas dele foram o meu marco inicial na carreira cristã e até hoje me falam! Fiz um arranjo vocal acappela em “Só quem sofreu”, sua última composição, que está sendo usada com o coro de jovens da minha igreja. Espero que abençoe, porque me parece que já começaram a gostar do arranjo… Legal né? Quando é do Senhor tudo dá certo! E provavelmente as suas composições encontraram guarida nos corações certos porque encontrou no do Pai primeiro. Vai lá, continua, que ainda há muito o que ser feito por aqui. Depois, lá é lá! Quando lá!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s