salmoamargo, #02

Sou indeciso, Senhor,
Não sei para onde ir.
Os caminhos são diversos,
E as possibilidades, tamanhas,
Pode tudo ser a Tua voz?
Pode nada ser a Tua voz?

Meus músculos e ossos dóem,
Pois a preocupação me atormenta.
Até quando, Deus? Até quando?
Tal como a Moisés e o povo,
Guia-me com Tua presença.
Não há para onde ir
Se não fores à frente.

Livrai-me das más-interpretações,
Livrai-me da minha fraqueza.
Que a Tua mão possa amparar
As decisões e rumos que eu tomar.

Guia-me com Tua presença.
Não há para onde ir
Se não fores à frente.

Salmoamargo #02, Eduardo Mano

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s