jornada tripla, final

domingo, 30 de agosto

Chegando ao fim de nossa jornada, domingo à noite estivemos na Igreja Batista da Gávea, uma igreja absurdamente bem localizada e que, de acordo com o pastor José Santos e sua esposa Vera (gente muito boa e querida, desde os tempos de Itacuruçá, diga-se de passagem) já protagonizou muitos “causos”.

E nós, amigos, participamos de um desses “causos”.

Estrategicamente, a igreja é de fato bem localizada. Muito perto dos bares cheios de jovens, o templo fica aberto todos os dias e a política é “entre e seja feliz”. Uma capela de oração, se você preferi assim: é como funcionam.

Aquele ponto da Gávea não só é badalado, como também é habitação de inúmeras celebridades. Enquanto estávamos tocando, e eu estava fazendo uma introdução à música “Tu és Deus”, eis que Letícia Sabatella e André Gonçalves (eles mesmo, da novela) param e ficam alguns segundos olhando para a gente. Como eu, você deve estar pensando “whattahell“, mas é isso aí. Mais tarde, conversando com Vera, esposa do pastor, ela disse que o ator Mateus Nachtergaele já entrou na igreja e assistiu uma parte do culto.

Mas se engana quem, lendo isso, acha que a Igreja é modernona. A Igreja é simples, com arquitetura simples, com gente simples que ama a Jesus. Uma comunidade de amor. E Deus é quem faz a obra.

Quem trouxe a mensagem na noite foi o Cadu. A mensagem dele foi MUITO boa. Não foi médio boa, nem razoavelmente boa, foi MUITO boa. Quero deixar aqui uma das frases que mais marcou a mim e a Eline:

“Não há nada mais revolucionário do que pessoas que aprendem a Amar, que aprendem a gostar da Vida, a vivê-la intensamente em Cristo em todos os seus momentos, a sentirem-se amadas. A pessoa amada por Cristo e pela igreja é uma revolucionária em potencial.”

A vida cristã é simples, e o amor é a regra. 😀

Falando na Eline, ela cantou com a gente Mais chegado que um Irmão, o que foi MUITO legal. 😀 Afinal, a música é dela (quem ouviu o EP sabe disso), e nunca fizemos esse lance juntos, ao vivo. Fiquei emocionado, mesmo.

Nesse dia também não fizemos o louvor, apenas tocamos nosso material. Algo um pouco diferente, mas muito bom. A Igreja recebeu muito bem as canções, cantando junto e ajudando.

Não tiramos fotos, então é só texto aqui. Essa série serve muito mais como registro pessoal do que como um post propriamente dito, mas paciência. 😉

Fiquem agora com a programação normal.

abraços,

Eduardo

Advertisements

2 thoughts on “jornada tripla, final

  1. 1- rsrsr…a Letícia benzeu-se (fez o sinal da cruz) quando passou com cara de “que legal!!!”..rsrrss…
    2- cara, que bom que gostamos todos da mensagem…o Espírito é realmente incontrolável, soberano e generoso…eu porém…rsrsr
    3- Eline, emocionante te ver cantando, minha irmã querida!!!!
    4- IB Gávea, Zen, Eliz & Mateus, Duda & Eline…com vocês por perto, tudo faz mais sentido!
    5- Maranata Jesus!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s