Música Nova e ensaio

Antes de falar do último ensaio, quero mostrar mais uma música a vocês.

O nome dela é “Como Ninguém, me conheces”. A letra vai logo a seguir do vídeo, que foi “uploadeado” no Vímeo e no YouTube. Como vocês vão perceber, o vídeo é revolucionário e inova nos ângulos e tudo mais.

Eduardo Mano e Os Tapetes Voadores – Como Ninguém, me Conheces from Eduardo Mano on Vimeo.

Letra:

“Como Ninguém, me Conheces”, Eduardo Mano

Tu que controlas os ventos e os mares
Conténs o furor da pior tempestade
Comandas o sol e o calor que fornece
Como ninguém, me conheces

Sondas e vês pensamentos tão tolos
Palavras tão feias e desalinhadas
Tu que és a fonte de toda beleza
Habitas em meio à pobreza

Meu coração não é digno de Ti,
Mas aqui viestes morar
Só por graça algo assim pode ser:
Alguém morto voltar a viver

Tu que concedes conforto ao aflito
Descanso ao cansado e alívio ao contrito
Tu que me amastes e a vida me destes
Como ninguém, me conheces

É isso… essa é uma das novas músicas, que vai entrar no projeto (aquele do qual nós não falamos… ao menos não abertamente).

Segunda feira foi um ensaio fenomenal. O Josué infelizmente não pode vir, mas tivemos a volta do Sandro (os últimos ensaios foram sem o baixo) e as coisas começam a tomar uma forma mais definitiva, graças a Deus.

Segunda feira próxima é possível que estejamos todos juntos, e além do ensaio algumas coisas serão definidas, e aos poucos mais informações do “projeto” podem ser lançadas. Uma coisa é certa: eu já sei a data até quando tudo precisa estar gravado, o que é um adianto.

É isso, meninos e meninas. Espero que gostem da música. Deixem aqui suas impressões, ou falem algo lá no twitter. Ah, e caso alguém queira assistir ao ensaio, basta mandar um email para eduardomano@gmail.com (Jorge, não esqueci de você).

Um forte abraço,

Eduardo Mano
e Os Tapetes Voadores

Advertisements

16 thoughts on “Música Nova e ensaio

  1. Pingback: Tweets that mention Música Nova e ensaio | -- Topsy.com

  2. Eduardo e Tapetes….

    Vcs são incríveis. É interessante como a identidade da banda está cada vez mais visível e única, apesar das inúmeras referências.

    Quanto à letra, o mais importante em termos de “poesia” é conseguir de forma poética expressar conceitos já um tanto desgastados por conta da indústria musica. Nesse caso, faço o destaque para o verso: “Meu coração não é digno de Ti / Mas aqui viestes morar”…

    Somente um coração atencioso expressaria dessa forma algo tão sensível.

    Obrigado por alegrarem meu dia…

    Em Cristo, sempre.

    Abner Melanias

  3. Lindos!!!!! A música e o meu maridão Zandor!
    Parabéns Duda!!
    Que Deus continue te abençoando com estas poesias que mto falam aos nossos corações!
    Bjin!

  4. Ta muito bonita a musica e arranjos(mesmo para um ensaio)agora falta uma bateria de verdade ai,ficou tipo um pandeiro sendo tocado direto sem as viradas e sons de uma bateria completa(fica parecendo quando se grava com uma bateria eletronica sem mudar a musica inteira).Um abraço,quando for sair o novo cd,quero fazer uma entrevista para publicar no meu blog e um especial sobre a banda.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s