Um crescente interesse na Igreja

img-post

Feliz ano novo. Vamos tentar fazer isso aqui voltar a funcionar, mais uma vez.

2014 passou e com ele o meu disco de pior resultado até agora. Mas eu juro para vocês que este não é um post para reclamar da vida.

Quando lancei o Guarda o Teu Coração, em 2012, o disco chegou à marca de 2000 downloads em menos de uma semana. É óbvio que isso é pouco para os medalhões do mercado, mas ainda assim, foi bastante coisa. Agora, com o Voz Como o Som…, lançado em outubro, já se passaram 2 meses e alguns dias e o disco ainda não chegou nem aos 1000 downloads.

Eu não sei interpretar qual o problema (ou motivo) que gerou isso, mas gostaria de crer que isso não se deve ao fato de eu propositadamente me aproximar cada vez mais de uma cultura claramente eclesial (ou, como alguns prefeririam dizer, “pensando dentro da caixa”).

A qualidade (ou falta da mesma) do disco poderia ser um indicador do baixo volume de downloads, mas isso não justifica uma vez que (a) todo mundo sabe que eu gravo, mixo e masterizo meus discos em casa e (b) muitos dos que baixaram disseram que este era o meu trabalho com melhor qualidade até hoje (obrigado :)).

De qualquer forma, eu disse que esse post não era para reclamar da vida. E não é.

Eu já me preocupei muito com sucesso. No sentido de que já quis “ser alguém”. Pela graça de Deus isso mudou há alguns anos. Todo ano surgem novos artistas que antes mesmo de lançarem um disco, já têm a simpatia do povo. E isso tudo vem travestido de “novidade”, cheio de roupas bonitas, mas poucas vezes vem acompanhado de biblicidade e temor do Senhor. E cada vez mais uma geração inteira vai achando que viver na igreja é cada vez mais parecido com viver como… quem não tem a Deus. O instagram tá aí para provar isso.

E por isso, por saber que minha vida e ministério estão nas mãos de Deus, não posso reclamar de números. Mas posso reclamar, tal qual um disco arranhado, da falta de Bíblia nas músicas cristãs atuais. E a forma que utilizo para reclamar é pedindo a Deus que Ele me guarde de escrever algo que não seja bíblico, que não seja para o louvor de Jesus, pelo poder e atuação do Espírito Santo. Sei, por emails e testemunhos que tenho ouvido através destes anos, que cantar a Bíblia é a melhor forma de apresentar Cristo às pessoas. Não preciso camuflar nada, Ele é suficiente, sempre. E agradeço a Ele por esta misericórdia.

Por isso amigos, meu interesse em produzir, cada vez mais, algo que seja da igreja e para a Igreja, só aumenta. E em 2015 eu espero que isso seja ainda mais forte.

Pela graça de Deus e para a Glória Dele caminhamos. Orem pela gente.

Um forte abraço,

Mano

Advertisements

3 thoughts on “Um crescente interesse na Igreja

  1. O ano começou tão corrido pra mim que só agora fui ler seu texto, meu caro. Que Deus te abençoe nesta jornada. Que a Palavra cantada traga transformação e reflexão, seja para 10 mil ou para 10. Abraço pra você e pra Eline!

  2. Olá Mano. Graça e paz. Ainda não “baixei” o novo álbum mas…posso falar pelo album que comprei quando esteve na minha cidade. Cara, continue nesta caminhada cantando Bíblia que com certeza Deus vai te honrar ainda mais. Quando falo honrar não falo que ele vai te dar um carrão do ano, uma casa de praia, ou estas parafernalhas gospeis que nossos cantores estrelas tem por aí (momento desabafo…haha). Deixo pra você colossenses cap 3.2 “Pensai nas coisas que são de cima…” Que Deus continue te abençoando neste ano de 2015 e que voce continue levando o evangelho do reino através do seu som. abraços!

  3. Opas meu bom!

    Na conta dos downloads há algo da métrica do Spotify, Deezer e similares? Essas plataformas tem alterado drasticamente a relação de alguns com as músicas/álbuns.

    Um abraço pernambucano.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s