muitas e muitas coisas

Bom, a falta de atualização dos últimos dias não é por falta de assunto, mas sim por falta de tempo. Não falei nada sobre o retiro Intensidade, do qual participamos e já é notícia velha. Não falei nada sobre o Gênese de quinta-feira passada também, nem sobre a nossa ida à Igreja Fé para Todos.

Muita coisa aconteceu nesse meio tempo. Minha esposa ficou mal de saúde e logo no final de semana do feriado, ficamos sem gás e sem geladeira em casa. Tenso o bagulho. As coisas estão voltando à normalidade já… a saúde de Eline está melhorando… o gás deve voltar hoje… já a geladeira…

Tem muita coisa para ser escrita aqui, e vou tentar colocar tudo em dia ao longo da semana. Enquanto isso, lembre-se que falta MUITO pouco para vocês ganharem música de graça. 😉

Por enquanto é isso. Ah, dá um pulo no blog do meu amigo Victor Vieira e baixa as canções dele. Ele acabou de disponibilizar uma nova música em seu MySpace, e acho que vale a pena você investir alguns minutos indo lá e ouvindo.

Um abraço a todos!

Eduardo

gênese 12 de novembro

Hoje não temos fotos. Mas foi uma noite boa.

Boa por termos recebido hoje três novos membros: Thiago Henrique,  e Thiago e Raquel Vaz. O primeiro veio de perto, e o casal Vaz veio de longe. Uma pena que por causa do quórum e das circunstâncias eles nem mesmo tenham visto / ouvido muita coisa.

Digo isso pois amanhã eu e a banda vamos para o retiro Intensidade de minha Igreja, e precisávamos passar algumas músicas. Com isso, acabamos fazendo um “ensaio aberto” após o lanche. Por mais que eles tenham dito que gostaram e que vão voltar, o sentimento é de que poderia ter sido um pouco mais…

Os pontos altos da noite foram as incessantes referências ao Tela Class (uma vez que muitos de nós sabemos falas INTEIRAS de alguns filmes redublados por Hermes e Renato) e a mudança, por Helenildo Zêri, da letra de Casa, doPalavrantiga, que ficou assim:

Deus preferiu tudo sangue bão /
Deus preferiu, sexta-feira churrasco no Alemão/
É assim, tãnãnãnã

Há, de fato, uma mensagem de cunho social por trás disso.

Semana que vem tem mais, certamente.

abraço,

Eduardo

Mais que mil palavras

É quanto vale uma imagem. E por isso, esse post está repleto delas. Por exemplo:

megafonicos

Essa é para informar que, a partir de hoje, sou um “colunista” no site Megafonicos, criado pelo Marden e mantido pelo pessoal da Juventude na Rocha. Meu primeiro post lá é uma resenha do novo disco do Phil Wickham, então corre lá e lê.

Já essas imagens aqui simbolizam como vai ser o final-de-semana, meu e da banda:

intesidade

equipamento

Fomos convidados a participar do retiro Intensidade, da equipe de adoração da minha Igreja, então tá tudo aqui em casa: amplificadores, baixo, violão, percussão… claro que o piano não será levado.

Ainda nas imagens, tem essas aqui:

johnny_cash_01

johnny_cash_02

Essas mostram o quanto Johnny Cash era um cara bizarro. Quem mais usaria uma roupa COMPLETAMENTE PRETA com um sapato branco?

E é por aí… hoje à noite tem Gênese com uma surpresa pra galera. 😛

abração!

Eduardo

vida na vida

o título deste post não tem absolutamente nenhuma relação com seu conteúdo, e foi escolhido apenas como forma de pegar no pé do meu amigo Zêri. 🙂

O papo dos 64.000 é sério: esse número pode ser alcançado ainda nesta semana. 2 músicas de graça com cifras, letra, encarte e extras, você só encontra aqui, o blog mais varejo da internet.

O ano que vem promete ser um bom ano para a banda. Esse ano também prometeu, mas não entregou. Tomara que o próximo ano entregue. Mas se não rolar, também, c’est la vie*: absolutamente ninguém vai ficar chateado com isso (a não ser, talvez, nós)

<gerúndio mode on> Nós vamos estar participando <gerúndio mode off> do retiro Intensidade, promovido pela minha Igreja. Fomos convidados pelo Fabiano, e estamos muito animados. 🙂 Fotos, twits e afins, certamente, ao longo dos dias.

É isso. Vâmo que vâmo.

Eduardo

*corrigido pelo amigo cult Léo Neves.

Churrasgênese

Imagens valem mais que 1000 palavras. Então dá uma olhada em algumas fotos.

sIMG_7181

sIMG_7182

sIMG_7184

sIMG_7185

fIMG_7188

Primeiro Churrasco do Gênese. Não tá parecendo, mas teve carne, bebida, oração, visita a hospital… um domingo agitado e abençoado.

E quinta-feira estamos aqui. Na verdade, toda quinta-feira estamos… Se quer participar, deixa seu e-mail no comentário.

Todas as fotos por Jônatas CD

abraços!

Eduardo “Manus”

gênese 5 de novembro

5 de novembro marca o dia do designer gráfico. É também o dia lembrado no filme V de Vingança (na frase em inglês “remember, remember the fith of november”, referência à Noite de Guy Fawkes, um rebelde que intentava explodir o Parlamento Inglês na noite de 5 de novembro de 1605).

Anyway…

Neste 5 de novembro tivemos mais uma noite de Gênese aqui em casa, e como de praxe mais um nome foi adicionado ao nosso rol: Alan Fecury, o homem das composições (e das idéias) veio dar o ar da graça.

Hoje a galera provou meu cachorro-quente com molho à la Jamie Oliver: sai jogando tudo que vê pela frente e vê se fica bom. E deu certo. 😀 Após o lanche e uma transição incômoda de assuntos, partimos para a discussão da noite, que em um brevíssimo resumo, tratou de: arte na igreja cristã pré-reforma / reforma / intervenção cultural da reforma de Lutero / abandono das artes pela igreja reformada / arte patrocinada é arte? / estado da arte na igreja hoje / sacro e profano, como funciona / música cristã subjetiva e objetiva…

Foi uma noite excelente, apesar do calor absurdo. Os pontos altos, na minha humilde opinião, foi a mui excelente observação do Leo quando disse que nós, evangélicos brasileiros, temos aversão a aprender a respeito das religiões afro, mas metemos a cara no hinduísmo por “termos um chamado” missionário para a Índia (dentro do contexto, ou fora dele, a frase é fantástica).

O outro foi o momento voz e violão que tivemos. eu, Alan Fecury, Zêre e Jonatas tocamos algumas de nossas composições. Foi muito bom e gostoso ouvir o que Deus tem dado aos caras. 🙂

Bom, é isso… fique com as fotos. Domingo temos churrasco, e acredite: se você é do Rio e tem a tarde / noite livre, me manda um e-mail. Você com certeza está convidado. Caso não posso vir no churrasco, venha às quintas…

um abraço a todos,

Eduardo Mano, e galera do Gênese